Meta de Fevereiro – Prometeu Acorrentado

Prometeu Acorrentado, de Ésquilo, lido conforme minhas metas de 2016.

Prometeu Acorrentado é uma tragédia grega que faz parte de uma trilogia composta por Prometeu acorrentado, Prometeu libertado e Prometeu portador do fogo, porém apenas essa sobreviveu aos dias atuais. Até sua autoria é contestada por parte dos estudiosos que a atribuem a outro autor anônimo.

Prometeu é um dos titãs da mitologia grega e usurpador do fogo divino, metáfora para os meios de subsistência da humanidade. O fruto do seu roubo foi dado aos homens e Prometeu acaba acorrentado no monte Cáucaso por Héfeso, a mando de Zeus, e lá ficaria por 30 mil anos queimando sob o sol e tendo seu fígado bicado por uma águia.

Prometeu acorrentado
Prometeu acorrentado

Prometeu Acorrentado é uma ode contra a tirania. Prometeu acorrentado às rochas recebe consolos e conselhos de seus visitantes para que se arrependa de seu ato, talvez Zeus o tirasse dali, porém mantém sua dignidade e reluta contra sua própria sorte. Engana-se quem acha que a revolta do oprimido contra o opressor é algo inventado por Marx e luta de classes nada mais é que um desejo interno de todo socialista. Os gregos, pais do pensamento moderno ocidental, já discorriam sobre tais intentos desde outrora.

“Em uma só palavra, odeio todos os deuses”, brada Prometeu ainda dizendo que sabe de como será o fim de Zeus e nada fará ou falará para que não ocorra e esse acaba por ser seu destino final. Talvez Prometeu estivesse certo quanto quanto ao destino de Zeus e toda a mitologia grega, agora substituída pela cristã e sua moral consequentemente. Substituímos um salvador da humanidade que até o fim lutou contra a autarquia divina por um filho de Deus, que na tradição cristã é um só, sofredor e de caráter bovino.

 

 

 

Autor: Pedro Moreno

Professor de inglês

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s